Evolutivamente aprendemos a buscar o aperfeiçoamento baseado em uma ótica focada no negativo, através do reconhecimento dos nossos pontos fracos, e o trabalho intenso para melhorá-los. Podemos ver isso em qualquer organismo, seja você como um profissional, em seu relacionamento, em seus aspectos pessoais ou como uma organização, sempre atrás das detecções das falhas a corrigir, para assim nos sentirmos em crescimento.

“E se valorizarmos o que temos de melhor? E se olhássemos mais para o que funciona?”

Pensando nisso, o  David Cooperrider desenvolveu uma metodologia para uma nova perspectiva, na década de 80 conhecida como Investigação Apreciativa (IA). Cooperrider é considerado o pai da Investigação Apreciativa que, baseada na filosofia positiva, tem o intuito de identificar e colocar em prática as potências de uma Instituição e torná-las positivas. A IA busca investigar os aspectos a serem potencializados, e assim apreciar o que há de bom, verdadeiro, belo e forte no processo estratégico para atingir os objetivos (e muito além).

Nas palavras de David Cooperrider, investigar é o ato de exploração e descoberta; elaborar perguntas; estar aberto a novas possibilidades, enquanto apreciar é valorar, ou seja, o ato de reconhecer o melhor nas pessoas e no mundo à nossa volta, afirmando as forças, sucessos e potenciais do passado e do presente.

A união destes dois conceitos se tornou muito além de uma técnica, e deu origem a um convite para uma nova filosofia baseada na percepção dos aspectos positivos em cada organização, equipe, comunidade e pessoas.

A Investigação Apreciativa (IA) é uma metodologia inovadora que transforma pessoas, equipes e culturas através da descoberta e destaque dos pontos positivos, provocando mudanças mais consistentes e duradouras.

Diante desta visão do que é verdadeiro, bom, possível e forte, partimos para uma jornada de descoberta do que deveria ser explorado, o que temos de melhor e dos pontos fortes, para sonharmos com o que temos potencial de ser, desenhar um plano e enfim realizar e conquistar o que almejamos, e muito mais.

A Investigação Apreciativa possui princípios e pressupostos, e utiliza de diversas ferramentas para a identificação e o aperfeiçoamento das forças a serem desenvolvidas e utilizadas para o que se deseja. 

Sobre esses princípios, pressupostos e ferramentas que se desenvolvem nossas práticas e trazem como resultado uma corrente que reforça as experiências positivas entre os indivíduos, assim minimizando os conflitos e criando uma motivação sistêmica entre todos, em um espaço mais organizado e seguro para o desenvolvimento.

Saiba mais sobre isso visitando nossa página de Casos de Sucesso.

A 4ª turma do Workshop de Investigação Apreciativa acontecerá em Abril /2022 com vagas limitadas. Entre clicando aqui para a lista de espera e garanta a prioridade para realizar a sua inscrição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sign Up

Give us a call or fill in the form below and we will contact you. We endeavor to answer all inquiries within 24 hours on business days.
Open chat