Dentro de inúmeros fatores que compõem a organização de uma pessoa, um relacionamento e principalmente uma empresa, temos diversos tópicos que configuram a descrição do que há de ser executado, normalmente chamados de diretrizes.

A Investigação Apreciativa não é diferente, já que temos que nos orientar através de algumas regras para não perdermos o norte durante toda nossa atuação (desde o planejamento e execução, até a finalização).

Pensando nisso, a Apreciarte apresenta quais são os Pressupostos da Investigação Apreciativa e como eles atuam neste processo de transformação.

  • Em toda comunidade/organização algo funciona.

Não importa a crise que esteja passando, sempre teremos algo de positivo que podemos focar. Ao passar por problemas, todos sabemos apontar os pontos fracos a serem corrigidos, e ressaltá-los tendem a causar mais conflitos do que resolvê-los. Ao invés disso, a Investigação Apreciativa busca a identificação do que de fato funciona e através dos pontos de força  estimula a superação da dificuldade de maneira mais assertiva.

  • Aquilo que damos foco torna-se realidade.

Conhecido também como Efeito Pigmaleão, é do do entendimento de todos que o que damos ênfase se torna realidade por diversos fatores, desde processos biológicos que alteram nosso comportamento cognitivo, voltando-o para o que priorizamos, até comportamentos culturais onde tendemos a nos relacionar com grupos que possuem o mesmo foco que nós (as famosas e populares bolhas sociais). Baseado também nessas teorias, a Investigação Apreciativa auxilia no processo de redirecionamento do olhar e do pensamento, para voltar nosso foco para o que realmente importa e o que traçamos como os objetivos a serem alcançados.

  • As pessoas têm mais confiança em seguir a jornada para o futuro quando integram experiências do passado.

Sempre que buscamos executar algo novo acabamos ancorando nossa atuação com base em vivências ou experiências que já tivemos. Pensando nisso, a I.A. busca resgatar as experiências positivas do passado e assimilá-las com o presente, com o objetivo de tornar sua atuação e seu planejamento futuro mais sólido e seguro.

  • Ao integrar as partes do passado ao futuro, que sejam as melhores experiências.

A partir do entrelaçamento das experiências positivas passadas com a atualidade, a Investigação Apreciativa traz resultados não somente de melhora imediata, mas também auxilia no processo de transformação de um novo olhar da realidade capaz de corrigir aspectos negativos enraizados que prejudicam um planejamento e uma atuação mais sólida.

  • A linguagem que usamos molda a nossa realidade

Todos os tipos de linguagem (verbal e não-verbal) são a base da troca de informações. É através da comunicação que expomos e compreendemos tudo, fazendo assim com que estejamos em constante mudança (inclusive na maneira de compreender o que está à nossa volta e além dela). Através do olhar apreciativo moldamos nossa realidade através da comunicação assertiva e positiva, e consequentemente mudando estruturalmente o ambiente em que vivemos, o tornando mais seguro, amigável e produtivo.

Conhecer os pressupostos é essencial para uma Investigação Apreciativa de sucesso.

Gostou desse conteúdo? Comente o que achou abaixo!

Conheça nossos serviços e veja como os Pressupostos são aplicáveis.

Quer aprender mais sobre a Investigação Apreciativa?

Entre para a próxima turma do W.I.A, o Workshop de Investigação Apreciativa. Clique aqui para saber mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sign Up

Give us a call or fill in the form below and we will contact you. We endeavor to answer all inquiries within 24 hours on business days.
Open chat